segunda-feira, 19 de Março de 2012

Saúde mental

Texto em português de (Portugal)
Fonte: www.saudeemmovimento.com.br - Mente e corpo está baseado num elemento básico que é o oxigénio. Portanto, a base da boa saúde mental são as actividades cardiovasculares. A actividade cardiovascular proporciona o bom funcionamento de nossa bomba injectora (coração) e do aparelho circulatório.

Quando melhoramos esta eficiência cardiovascular, melhoramos a nosso desempenho mental. Porque o sangue que abastece o fígado e supre o baço, é o mesmo que alimenta o cérebro, levando os nutrientes, tornando-o, mais oxigenado e lúcido. Em consequência, melhora-se a articulação do pensamento, a rapidez do raciocínio e o equilíbrio mental, atingindo assim uma boa saúde da mente.

O nosso organismo não funciona em departamentos estanques, mas de forma interligada, onde tudo mexe com tudo. A saúde mental está ligada à saúde física, sendo absolutamente impossível uma viver sem a outra. Não podemos solidificar uma saúde mental, em cima de um corpo débil, incapaz de reparar as perdas inerentes às próprias necessidades diárias.

A pessoa debilitada fisicamente, fica debilitada mentalmente. Por isso, me preocupa alicerçar a mente, a partir do alicerce do corpo. Através do caminho do corpo, chegamos à nossa mente e à nossa saúde mental. Um corpo sólido e saudável vai proporcionar uma mente saudável, sólida e equilibrada.

Entre as actividades cardiovasculares, recomendamos caminhar e correr, pois nadar requer uma piscina e andar de bicicleta uma ampla área plana. Tanto caminhadas, como corridas, devem respeitar o seu momento cardiovascular.

É preciso fazer um contacto com a natureza para se ter um ganho mental, emocional e espiritual. Se puder, pratique ao ar livre!

Ao praticar actividade física, você entra em estado de meditação activa, pois quanto mais você envolve e exige do seu corpo fisicamente, mais você repousa a sua mente e o seu cérebro, porque o cérebro se 'desobriga' de pensar. E isso é meditaçã

Faça sua pergunta no link abaixo "Comentários"

segunda-feira, 5 de Março de 2012

Refletir...

Texto em português do (Brasil)
 - Nós bebemos demais, gastamos sem critérios.

 - Dirigimos rápido demais, ficamos acordados até muito mais tarde, acordamos muito cansados, lemos muito pouco, assistimos TV demais e raramente estamos com Deus.

 - Multiplicamos nossos bens, mas reduzimos nossos valores.

 - Nós falamos demais, amamos raramente, odiamos freqüentemente.

 - Aprendemos a sobreviver, mas não a viver; adicionamos anos à nossa vida e não vida aos nossos anos.

 - Fomos e voltamos à Lua, mas temos dificuldade em cruzar a rua e encontrar um novo vizinho. Conquistamos o espaço, mas não o nosso próprio.

- Fizemos muitas coisas maiores, mas pouquíssimas melhores.

- Limpamos o ar, mas poluímos a alma; dominamos o átomo, mas não nosso preconceito; escrevemos mais, mas aprendemos menos; planejamos mais, mas realizamos menos.

 - Aprendemos a nos apressar e não, a esperar.

 - Construímos mais computadores para armazenar mais informação, produzir mais cópias do que nunca, mas nos comunicamos cada vez menos.

 - Estamos na era do “fast-food' e da digestão lenta; do homem grande, de caráter pequeno; lucros acentuados e relações vazias.

 - Essa é a era de dois empregos, vários divórcios, casas chiques e lares despedaçados.

 - Essa é a era das viagens rápidas, fraldas e moral descartáveis, das rapidinhas, dos cérebros ocos e das pílulas 'mágicas'.

 - Um momento de muita coisa na vitrine e muito pouco na dispensa.

 - Uma era que leva essa carta a você, e uma era que te permite dividir essa reflexão ou simplesmente clicar 'delete'.

 - Lembre-se de passar tempo com as pessoas que ama, pois elas não estarão aqui para sempre.

 - Lembre-se dar um abraço carinhoso em seus pais, num amigo, pois não lhe custa um centavo sequer.

 - Lembre-se de dizer 'eu te amo' à sua companheira(o)e às pessoas que ama.

Um beijo e um abraço curam a dor,quando vêm de lá de dentro.

Por isso, valorize sua família e as pessoas que estão ao seu lado, sempre!!!

Fonte: Facebook - Tom Gomes - https://www.facebook.com/tom.gomes.94

A chegada que ficou para a história